Make your own free website on Tripod.com

Reprodução Medicamente Assistida


Como Surgiu?

Conceito de RMA

Evidências

Causas de Infertilidade:

Técnicas de RMA:

Procedimentos:

Diagnóstico e Técnicas Acessórias:

Clínicas de RMA em Portugal

Problemas Relacionados com RMA

Entrevista ao Padre

Viagem a Lisboa (Clínica CEMEARE)

Legislação em Portugal

Imagens

 

 

                               

Causas de Infertilidade

 

   A infertilidade é a incapacidade temporária ou permanente em conceber um filho ou em levar uma gravidez até ao seu termo natural. Considera-se que existe um problema de infertilidade quando um casal tem relações sexuais regularmente, sem usar contracepção durante um período de 1 ano, sem que ocorra uma gravidez.

 

   A infertilidade pode ter origem na mulher, no homem ou em ambos. Cerca de 52% dos casos conhecidos de infertilidade estão relacionados com factores femininos. Nas restantes situações, o contributo é masculino.

 

   No homem, a infertilidade está, geralmente, relacionada com os seguintes problemas:

→ Produção insuficiente ou nula de espermatozóides;

→ Produção de espermatozóides de fraca qualidade (com formas anormais ou com baixa ou nula mobilidade);

→ Problema anatómicos ou fisiológicos ao nível do aparelho reprodutor (por exemplo, obstrução dos canais por onde circula o esperma);

→ Gametogénese anormal;

→ Por vezes, ainda, os espermatozóides são aparentemente normais, mas não conseguem fecundar o óvulo, devido a anomalias bioquímicas impossíveis de detectar ao microscópio.

 

   Na mulher, alguns factores mais comuns que podem levar à infertilidade são:

→ Muco cervical espesso e pouco abundante;

→ Ausência da ovulação (anovulação), quer porque os ovários não desenvolvem oócitos maduros, quer porque não os libertam;

→ Ovulação pouco frequente;

→ Problemas anatómicos ou fisiológicos ao nível do aparelho reprodutor (por exemplo, trompas de Falópio bloqueadas, danificadas ou ausentes, obstrução do colo do útero)

→ Inibição da nidação ou rejeição do embrião após esta fase.

 

   Na base dos diversos problemas de infertilidade, podem estar vários factores. Alguns dos mais comuns são: problemas genéticos, malformações congénitas, factores imunitários ou distúrbios hormonais. Deve-se, também, tomar em consideração que a fertilidade pode ser afectada, em termos individuais, por diversos outros factores, como a alimentação, o estado de saúde geral ou, no caso da mulher, a idade e a amamentação.

   Existem, também, diversas doenças que podem provocar a infertilidade. É o caso de diversas infecções sexualmente transmissíveis, como a sífilis ou a gonorreia, caso não sejam tratadas a tempo. Também as operações cirúrgicas nas quais sejam extraídos os ovários (ovariectomia ou ooforectomia) ou o útero (histerectomia) à mulher, ou os testiculos, ao homem, provocarão esterilidade.

   O stress também está associado à infertilidade, quer como causa. Quer como consequência. Pode conduzir a disfunções hormonais, que na mulher afectam a função ovulatória e no homem afectam a produção norma de esperma.

 

   



 Este site foi feito no âmbito de um trabalho de Área de Projecto realizado pelos alunos do 12ºE da Escola Secundária da Sé - Guarda
Última actualização: 18/05/07.