Make your own free website on Tripod.com

Reprodução Medicamente Assistida


Como Surgiu?

Conceito de RMA

Evidências

Causas de Infertilidade:

Técnicas de RMA:

Procedimentos:

Diagnóstico e Técnicas Acessórias:

Clínicas de RMA em Portugal

Problemas Relacionados com RMA

Entrevista ao Padre

Viagem a Lisboa (Clínica CEMEARE)

Legislação em Portugal

Imagens

 

 

                               

PESA

Como é feita?

    A técnica da PESA é extremamente simples. E em muitos casos, este procedimento é feito sem utilizar qualquer tipo de anestesia. Na maioria dos casos, o epidídimo encontra-se túrgido e facilmente palpável, facilitando ainda mais o procedimento.

    O testículo é fixado entre os dedos indicador, polegar e médio e, com a outra mão, o epidídimo é palpado e a cabeça do mesmo identificada. A seguir, o auxiliar introduz, diretamente no epidídimo, agulha 13x4 conectada à seringa de 1 ml, perpendicularmente à pele do escroto, criando pressão negativa. Se a ponta da agulha estiver corretamente posicionada, observa-se a entrada imediata de pequena quantidade de fluido pela mesma. Neste momento, a agulha é retirada e o material encaminhado ao laboratório.

    No laboratório, o fluido é depositado numa placa de petri contendo meio de cultura, e a agulha é lavada 4-5x com o mesmo meio de cultura. A seguir, uma pequena gota do material é examinada ao microscópio, e a presença ou não de espermatozóides móveis é comunicada ao médico. A concentração de espermatozóides é altamente concentrada no fluido do epidídimo. Quantidades mínimas de fluido podem conter número de espermatozóides variando de 1 a 200 milhões. Assim sendo, mesmo quando a quantidade de fluido aspirado for ínfima, deve-se checar cuidadosamente, pois poderá conter um número suficiente de espermatozóides móveis para a ICSI.

    Ao final do procedimento, o paciente é liberado, podendo voltar ao trabalho imediatamente.

    Se houver material excedente da aspiração, o mesmo poderá ser congelado para utilização em ciclos futuros de ICSI, evitando-se assim a necessidade de outra punção. Caso não se encontre espermatozóides, nova aspiração deverá ser realizada, no mesmo local, ou do lado contralateral. Antes de optar-se por outra técnica para a obtenção de espermatozóides.

    Nos casos de falha da PESA, o mais indicado e efetivo será realizar os procedimentos de aspiração percutânea de espermatozóides do testículo (TESA) ou uma pequena biópsia testicular (TESE), que terá como objetivo encontrar espermatozóides diretamente nos testículos.

Indicações para a PESA:

·  Vasectomia ou falha na tentativa de reversão da vasectmoia.

·  Agenesia Congênita dos vasos diferentes.

·  Obstrução dos ductos ejaculadores ou do diferente distal inoperáveis.

·  Obstruções de etiologia pós-inflamatório (Tbc, clamídia, gonococo, etc).

·  Cisto-prostatectomia radical



 Este site foi feito no âmbito de um trabalho de Área de Projecto realizado pelos alunos do 12ºE da Escola Secundária da Sé - Guarda
Última actualização: 18/05/07.