Make your own free website on Tripod.com

Reprodução Medicamente Assistida


Como Surgiu?

Conceito de RMA

Evidências

Causas de Infertilidade:

Técnicas de RMA:

Procedimentos:

Diagnóstico e Técnicas Acessórias:

Clínicas de RMA em Portugal

Problemas Relacionados com RMA

Entrevista ao Padre

Viagem a Lisboa (Clínica CEMEARE)

Legislação em Portugal

Imagens

 

 

                               

Verificação Da Fecundação

 

     A verificação da fertilização é feita entre 16-18 horas após a ICSI, através do microscópio invertido em aumento de 400X.

     É verificada a presença de pró-núcleos e corpúsculos polares e presença de anormalidades na fertilização (ausência de pró-núcleos, mais de dois pró-núcleos, degenerações, etc.).

 

     A fertilização é considerada normal quando dois pró-núcleos forem visualizados, contendo nucléolos no seu interior.

     Se apenas um pró-núcleo for visualizado, uma segunda avaliação é feita após 4 horas. Quando for detectada a presença de três ou mais pró-núcleos (PN), esse embrião é imediatamente descartado.

 

     Os oócitos fertilizados são lavados em meio G1.2 e agrupados de 2 em 2 em placas de Petri sem centro com gotas de 50ml de meio G1.2 e cobertas com óleo mineral. As placas são colocadas novamente na incubadora e permanecem nesse mesmo meio de cultura até 72 horas após o ICSI (Dia 3).

     Não é necessário o acesso aos embriões em 48 horas, evitando a abertura constante da incubadora que pode prejudicar a cultura dos mesmos.

 

     Caso a transferência seja realizada no dia 3 (72 horas), os embriões deverão permanecer em meio de cultura IVF 50 até 48 horas e deverá ser feita a renovação do mesmo meio após esse período até 72 horas.

 

 



 Este site foi feito no âmbito de um trabalho de Área de Projecto realizado pelos alunos do 12ºE da Escola Secundária da Sé - Guarda
Última actualização: 18/05/07.